Tabagismo é o ato de se consumir cigarros ou outros produtos que contenham tabaco, cuja droga ou princípio ativo é a nicotina. A Organização Mundial da Saúde afirma que o tabagismo deve ser considerado uma pandemia, ou seja epidemia generalizada

__________________________________________________________________________

"A sua Saúde Bucal está integralmente ligada com a sua Saúde Geral"

__________________________________________________________________________

////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Afiliados Cursos 24 Horas - Ganhe Dinheiro com seu Site
Ganhe Dinheiro com seu Site no Sistema de Afiliados - Cursos 24 Horas

18
Jan 11
publicado por Equipa OG, às 13:21link do post
Dois novos estudos fornecem evidências de que fumar pode prejudicar o esperma - tanto em homens fumantes, que podem tornar-se pais e em filhos de mulheres que fumaram durante a gravidez.
A pesquisa também sugere que tanto homens quanto mulheres que têm esperanças de conceber devem deixar o tabagismo.
"Os resultados deste estudo sugerem um efeito biológico negativo do tabagismo sobre a integridade do DNA dos espermatozóides", disse o autor de um estudo, Dr. Mohamed E. Hammadeh, chefe do laboratório de reprodução assistida, do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia na Universidade do Saarland em Sarre, na Alemanha.
Pesquisa feita por Hammadeh e seus colegas mostraram que homens que fumam muito podem ter problemas de fertilidade resultante de uma queda nos níveis de uma proteína crucial para o desenvolvimento de espermatozóides, bem como causar danos ao DNA do esperma.
Outro estudo sugere que mulheres que fumam no início de sua gravidez pode vir a comprometer a saúde reprodutiva de seus filhos. Ambos os estudos foram publicados na edição on line, 08 de setembro, da Human Reproduction.
No primeiro estudo, a equipe Hammadeh comparou espermas de 53 fumantes pesados (mais de 20 cigarros por dia), contra a de 63 não-fumantes. Após 3-4 dias de abstinência sexual, uma única amostra de sêmen foi tomada de todos os participantes do estudo, para medir os níveis de duas formas de um tipo específico de proteína encontrada no esperma, chamado protaminas. Segundo os pesquisadores, protaminas são atores fundamentais no desenvolvimento do esperma, ajudando a dinamizar o processo pelo qual os cromossomos são formados e embalados durante a divisão celular.
Hammadeh e colegas descobriram que, no grupo de fumantes, uma forma de protamina apareceu em níveis que foram de 14 por cento abaixo das concentrações observadas no sêmen de homens não-fumantes. Isso foi o suficiente para constituir uma forma de "deficiência de protamina" e, por sua vez, aumentar os riscos de infertilidade entre os fumantes.
Além do mais, o "estresse oxidativo" de fumantes apareceu vinculado a um aumento de danos ao DNA do esperma, relatou a equipe.
Segundo Hammadeh, tentativas anteriores para esclarecer a relação entre tabagismo e infertilidade masculina tiveram dificuldade em identificar um mecanismo molecular subjacente a essa relação. Assim, ele acredita que a nova descoberta deve ajudar a convencer os fumantes do sexo masculino lutando com a infertilidade se livrar do vício.
"Devido ao fato de que a fumaça do cigarro contém agentes mutagênicos e cancerígenos, tem havido a preocupação de que o tabagismo pode ter efeitos adversos sobre a reprodução masculina", observou Hammadeh. As novas descobertas que fizemos ajudam a suportar isto, disse ele.
O segundo estudo foi conduzido pelo Dr. Claus Yding Andersen, professor de fisiologia da reprodução humana no Hospital Universitário de Copenhague, na Dinamarca. Ele debruçou-se sobre o impacto do tabagismo materno durante o primeiro trimestre da gestação sobre o desenvolvimento do feto masculino.
Neste caso, os autores analisaram o tecido dos testículos de 24 embriões que foram abortados entre 37 e 68 dias após a concepção. Depois de classificar as mães potenciais de acordo com o hábito de fumar, a equipe de pesquisa constatou que o número dos chamados "células germinais" - células que se desenvolvem em espermatozóides nos machos e nos óvulos de fêmeas - foram 55 por cento inferiores nos testes de embriões obtidos das mulheres que fumavam. Esta observação foi realizada independentemente do consumo de álcool pela mãe e os hábitos de consumo de café. Os níveis de embriões do chamado "células somáticas" (aqueles que vão formar outros tipos de tecido) foram de 37 por cento mais baixo entre as mulheres que fumavam.
Em ambos os casos de germes e células somáticas, esta diminuição dos níveis parece ser "dose-dependente", significando que quanto mais a mãe  fuma, menor o número de células cultivadas pelo embrião.
Com base nestes resultados iniciais do crescimento fetal, Anderson e seus colegas concluíram que o impacto do tabagismo resultante desta produção celular pode continuar na prole masculina levada a termo. E isso pode significar um risco mais elevado de fertilidade nos filhos.
Segundo a equipe dinamarquesa, suas pesquisas anteriores envolvendo embriões do sexo feminino também revelou reduções de "célula germinal" de cerca de 40 por cento de embriões retirados de mulheres que fumaram durante a gravidez. Isto sugere que o tabagismo materno durante a gravidez pode prejudicar a saúde reprodutiva de homens e mulheres descendentes.
"Nossos resultados fornecem dados para profissionais de saúde falarem com as mulheres que estão pensando em engravidar, ou que tenham concebido recentemente, com um argumento "aqui e agora" para convencê-los a parar de fumar", disse Anderson. "Porque o efeito negativo do fumo parece ter lugar certo, desde a concepção e durante os primeiros dias de gestação, quando o embrião humano se diferencia, em  uma menina ou um menino."
(FONTES: Mohamed E. Hammadeh, MD, do departamento de obstetrícia e ginecologia da Universidade do Sarre, do Sarre, na Alemanha, Claus Yding Andersen, MD, professor de fisiologia reprodutiva humana, eo embaixador da tecnologia, do Hospital Universitário de Copenhaga, Laboratório, de Copenhaga, Dinamarca, 08 de setembro de 2010, Human Reproduction, online)-Rede ACT

__________________________________________________________________________

"A sua Saúde Bucal está integralmente ligada com a sua Saúde Geral"

__________________________________________________________________________

////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Afiliados Cursos 24 Horas - Ganhe Dinheiro com seu Site
Ganhe Dinheiro com seu Site no Sistema de Afiliados - Cursos 24 Horas

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
14

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


arquivos
2011

links
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds